Tel.: +55 (11) 2676-3111

Email: focusquimica@focusquimica.com

07/06/2017


Na busca interminável de novas fontes interessantes de ingredientes ativos, grande parte da atenção nos dias de hoje mudou para ingredientes de origem marinha.

Um dos habitantes fascinantes do mar é a anêmona do mar, conhecida por muitos como o abrigo dos peixes palhaço. Um fato menos conhecido é que, como a anêmona do mar é macia e vulnerável, produz um veneno para se proteger de predadores e também para imobilizar presas. Recentemente, os cientistas descobriram que uma proteína componente do veneno da anêmona do mar Heteractis crispa é um potente inibidor do receptor da dor TRPV1, que oferece uma abordagem interessante para a pele sensível.

A proteína de anêmona do mar acima mencionada é uma candidata perfeita para ajudar a reduzir a sensibilidade da pele inibindo uma reação excessiva do receptor de dor TRPV1. No entanto, a proteína de comprimento total é instável e muito grande para penetrar na pele, e colhê-lo de veneno de anêmona do mar não é viável para aplicações cosméticas. Deste modo, um peptídeo de cinco aminoácidos foi concebido pela Mibelle Biochemistry

Este pentapeptídeo contém o local de ligação ao receptor TRPV1 ativo da proteína da anêmona do mar. O ativo é capaz de se ligar ao receptor TRPV1 semelhante à proteína da anêmona do mar, e, assim, bloquear o influxo de íons para dentro da célula.

A reatividade do receptor é reduzida e a sensação de dor, prurido e desconforto da pele é normalizada.

Para assegurar ainda mais estabilidade e biodisponibilidade, o pentapeptídeo foi incorporado num sistema de suporte de esfera macia baseado em manteiga de karité.

O novo ingrediente cosmético resultante, SenSamone P5 (INCI: Pentapeptide-59 (and) Hydrogenated Lecithin (and) Butyrospermum Parkii (Shea) Butter (and) Phenethyl Alcohol (and) Ethylhexylglycerin (and) Maltodextrin (and) Aqua/Water) é uma solução para aliviar a pele sensível e irritada.

Teste in vitro para determinar a inibição do receptor TRPV1

A capacidade de SensAmone P5 em inibir a ativação do receptor TRPV1 foi analisada em células CHO que expressam os receptores TRPV1 de uma forma estável. As células foram irritadas com capsaicina, que é um ativador de TRPV1, quer na presença ou ausência do pentapeptídeo da anêmona do mar (pentapeptide-59, RRRFV). O tratamento com a proteína de comprimento total anêmona de mar APHC1 na mesma concentração molecular foi utilizada como controle positivo. Os resultados mostraram que o tratamento com o pentapeptídeo inibiu a ativação do receptor TRPV1 em 80%, enquanto que o APHC1 de comprimento total, inibiu a ativação do receptor TRPV1 em 25%. Portanto, o peptídeo de anêmona do mar de cinco aminoácidos exibe ainda melhores propriedades de inibição de TRPV1 do que a proteína de comprimento total.

Estudos in vivo

Num estudo duplo cego, controlado com placebo, 31 voluntários (mulheres, idade média de 47 anos) com creme aplicado em pele sensível com 2% de SensAmone P5 ou o placebo correspondente de cada lado da face; SensAmone P5 mostrou-se capaz de reduzir instantaneamente a reatividade da pele após uma única aplicação, além de reduzir a longo prazo a sensibilidade da pele.

 

Aplicações

▪ Pré e pós procedimentos estéticos, menos agressivos, que normalmente sensibilizam a pele, tornando-a muito reativa.

▪ Séruns e cremes para peles sensíveis.

 

Benefícios de Marketing

  • Tecnologia baseada no veneno da Anêmona do mar.
  • Primeiro peptídeo biomimético que diminui a sensibilidade da pele pela inibição do receptor da dor.
  • Aumento do interesse por produtos Cosméticos com apelo Neurocosmético.
  • Diminuição da sensibilidade da pele relacionado aos fatores ambientais.