Tel.: +55 (11) 2676-3111

Email: focusquimica@focusquimica.com

19/07/2017


Radiação Infravermelha – Uma fonte de radicais livres que não é bloqueada pelos filtros solares

A radiação infravermelha (IR), especialmente IRA (infravermelho próximo) induz a formação de radicais livres nas mitocôndrias das células da derme e dos tecidos adiposos subcutâneos, estando indiretamente envolvida no fotoenvelhecimento da pele. Os filtros solares usados em produtos de foto proteção não protegem a pele contra os raios IR, e portanto não protegem da formação de radicais livres induzida pela IR.

Os raios IR apresentam grandes riscos à saúde da pele pois penetram mais profundamente na pele do que os raios UVA e UVB, alcançando a hipoderme.

Pensando nisso, nossa representada suíça, Mibelle Biochemistry projetou um ativo para proteger a pele especificamente contra os efeitos nocivos do IRA.

InfraGuard (INCI: Caesalpinia spinosa fruit pod extract, propylene glycol, Helianthus annuus sprout extract, sodium benzoate, phenoxyethanol and aqua/water) combina um extrato de brotos de girassol com taninos da Tara (Caesalpinia spinosa). O extrato de girassol é responsável por suportar a saúde geral das mitocôndrias, enquanto os taninos da Caesalpinia spinosa são altamente eficientes e estáveis antioxidantes.

Estudo In vivo: Aumento da qualidade da pele apesar da exposição solar (UV+IR)

Foram selecionados 32 voluntários que passaram as férias de verão em um clima quente e ensolarado por duas a seis semanas. As 26 mulheres e seis homens, 35-61 anos, aplicaram duas vezes ao dia durante todo o período de férias um creme solar FPS 30 com InfraGuard a 2% no lado interno do antebraço. O mesmo creme sem InfraGuard (placebo) foi aplicado no outro antebraço. Antes e após os feriados foram medidas a firmeza da pele, a elasticidade, a TEWL (barreira cutânea) e a densidade (DermaScan C). Após as férias, a barreira cutânea, a firmeza e a densidade foram deterioradas na área da pele onde apenas o creme solar foi aplicado

Os reusultados mostraram uma diminuição da firmeza e densidade da pele tratada com placebo. O uso do filtro solar FPS30 + 2% de InfraGuard levou a uma melhora clara e significante da firmeza e densidade da pele.

As imagens de ultrassom mostraram claramente uma redução nas regiões de baixa densidade dérmica na área da pele tratada com InfraGuard (Figura 5). Onde somente o protetor solar foi aplicado, o número de regiões de baixa densidade dérmica aumentou durante as férias de verão.

Proteção contra a Luz Azul

Novos estudos comprovaram também a capacidade do InfraGuard de proteger contra a nociva luz azul.

A luz azul é também chamada de luz visível de alta energia (HEV) e é emitida por dispositivos eletrônicos, telas digitais (TV, computadores, notebooks, celulares e tablets), LED fluorescente e iluminações.

Além de influenciar na qualidade do sono e trazer problemas da saúde, a luz azul é capaz de gerar espécies reativas de oxigênio na pele, gerando danos oxidativos que levam ao envelhecimento cutâneo.

Estudo in vitro:Proteção das células cutâneas contra a irradiação da Luz Azul

Fibroblastos humanos foram tratados por 24 horas com 0,1%, 0,05% e 0,01% de InfraGuard e então foram submetidos à luz azul de alta intensidade durante 2 horas.

Imediatamente após o período de irradiação, a quantidade de radicais livres nas células foi medida.

InfraGuard reduziu significativamente a produção de espécies reativas do oxigênio na concentração de 0,1, 0,05% e 0,1% em células tratadas com a luz azul.

Portanto, InfraGuard age bloqueando a produção de radicais livres induzida pelos  raios infravermelhos e luz azul, protege o DNA mitocondrial, inibe o fotoenvelhecimento e previne a perda da densidade da pele diante da exposição solar; além de apresentar também atividade anti-pollution na concentração de 0,1%.

Conheça InfraGuard, o lançamento da Focus Química que abre as portas para uma nova geração de produtos para proteção solar e formulações para cuidado diário, que protegem a pele de um grande range de radiações!